ADVERTÊNCIA

As informações contidas neste blog são apenas para fins informativos. NÃO DEVEM SER CONSIDERADAS COMO CONSELHOS MÉDICOS. O autor não se responsabiliza por quaisquer consequências de qualquer tratamento, procedimento, exercício, modificação alimentar ou ação resultante da leitura ou utilização das informações contidas neste blog. A publicação dessas informações não constitui prática de medicina e essas informações não substituem o conselho de seu médico ou outro profissional de saúde. Antes de empreender qualquer forma de tratamento, o leitor deve procurar o conselho de seu médico ou outro profissional de saúde.

quarta-feira, 26 de março de 2014

DIABETES: ABUSE DO ALHO E CONTROLE A GLICEMIA!

TIRE PROVEITO DESSE VERDADEIRO REMÉDIO CASEIRO.

Fonte: Seleções do Reader's Digest

 O alho é um dos alimentos considerados verdadeiros remédios, dada a quantidade de benefícios à saúde que seu consumo oferece – e com razão. A lista de bons motivos para incluí-lo na alimentação diária é convincente: o alho tem ação antibiótica e antioxidante; evita distúrbios respiratórios em formação e melhora o estado de saúde do coração. Além de tudo isso, o alho também é útil no equilíbrio da glicemia! Segundo pesquisas realizadas com animais, o alho pode aumentar a secreção de insulina, que baixaria a glicemia e melhoraria a sensibilidade à insulina, ajudando a reverter o diabetes. Os suplementos de alho não têm apresentado esses benefícios de forma comprovada, no entanto, outro estudo com animais revelou que altas doses de alho cru reduzem os níveis de glicose no sangue de maneira significativa. Assim, o ideal é degustar o alho da forma tradicional. Como os gregos o chamavam há 25 séculos, essa “rosa malcheirosa” oferece grandes benefícios à saúde. Estudos mostram que o alho pode ajudar a manter o colesterol sob controle, baixando os níveis do colesterol “ruim” (LDL) e elevando os do “bom” (HDL). Em uma análise de cinco testes nos quais os participantes receberam suplementos de alho ou placebos, os autores concluíram que é possível baixar o colesterol total em cerca de 9% ingerindo o equivalente a 1,5 ou até 3 dentes de alho por dia, durante dois a seis meses. O alho ainda afina o sangue, prevenindo a formação de coágulos que podem obstruir as artérias.   Se é fã do sabor característico do alho, temos mais uma boa notícia: não há restrições de consumo. Portanto, abuse do alho sem culpa!

4 comentários:

  1. Adoro alho!!! Com um pedaço de pão. Como durante o dia. Pois estou com a glicose alta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beleza! Agora eu lhe pergunto. Conseguiu baixar com o uso do alho? Se for realmente bom, vou passar a tomar uma capsula de alho por dia.

      Excluir
    2. Prezado Carlos Veiga, Se você leu a apresentação do blog sabe que o objetivo aqui é divulgar novas descobertas da ciência publicadas em revistas idôneas. Eu não sou diabético e, portanto não tenho como provar a eficácia do alho. Pelo jeito você sequer se deu ao trabalho de ler a matéria publicada em Março de 2014, pois está bem claro que os testes na época foram feitos apenas com animais é uma das conclusões é a que suplementos não funcionam, ou seja, tomando pílula de alho você estará perdendo tempo e dinheiro. Boa sorte na vida!!!

      Excluir